Os cursos de enfermagem têm sido cada vez mais procurados por pessoas que desejam ingressar na área de saúde, pois se trata de um mercado em expansão com alto volume de investimento, tanto na área pública como privada. Existem vários tipos de cursos que muitas vezes deixam os estudantes em dúvida de qual escolher.

Existem na área de enfermagem, três cursos básicos:

  • Auxiliar de enfermagem,
  • Técnico de enfermagem
  • Bacharelado em enfermagem.

A diferença entre eles é o tipo de formação:



auxiliar de enfermagem




A formação do auxiliar de enfermagem, acontece em um período de tempo menor que os demais cursos desta área, cerca de 12 meses.

Este profissional pode realizar procedimentos mais simples, tais como: esterilização de materiais hospitalares; aplicação de vacinas, administração de medicamentos (mas não a prescrição), realização de curativos, preparar pacientes para exames e etc.

Irá atuar nos setores ambulatoriais atendendo pacientes de baixa complexidade. Seu papel é dar suporte aos demais profissionais do setor médico e de enfermagem, para evitar que o sistema de atendimento em saúde fique sobrecarregado.

É um dos campos mais amplos da enfermagem, principalmente nas regiões mais afastadas das grandes capitais, principalmente no norte e nordeste do país.  Dos 2 Milhões de profissionais de enfermagem do Brasil, cerca de 420.000 atuam como auxiliares de enfermagem segundo o COFEN.

O salário inicial de um auxiliar de enfermagem é em média de R$ 1.100,00 por mês.  (SINE- Site nacional de empregos)



tecnico enfermagem

 

Esse é um dos cursos de enfermagem com uma duração um pouco maior, entre um ano e meio a dois anos. É uma formação técnica, portanto o candidato deve ter nível médio de escolaridade.

O técnico em enfermagem atua, basicamente, executando as ações planejadas pelo enfermeiro. Ele pode trabalhar com pacientes de média e alta complexidade, e, também, em setores mais avançados, como Centros Cirúrgicos e Unidades de Terapia Intensiva. 

O salário é em média R$ 1.400,00  dependendo da função, experiência  e especialização do profissional. (SINE- Site nacional de empregos)



bacharel

 

Esse é o profissional que apresenta o período de formação mais longa entre os cursos de enfermagem. Sua formação é em nível superior e dura 5 anos.

 Durante o curso o aluno estudará disciplinas generalistas da saúde como anatomia, fisiologia, histologia, genética, biologia e práticas em laboratórios e estágios. Ao final do curso é elaborado o TCC- Trabalho de conclusão de curso.

 Após a conclusão do curso o bacharel pode optar por especializações administrativas, de gestão ou médicas.

É de responsabilidade do enfermeiro a direção do serviço de enfermagem orientando os técnicos e auxiliares, e também a administração  de toda a assistência e cuidado dos pacientes.

 A média salarial de um enfermeiro segundo a Catho é de R$ 3.092,00.

 

 

Uniformes usados nos cursos de enfermagem:

Normalmente são usados nos cursos de enfermagem:

Jaleco: O mais indicado são os jalecos brancos com botão coberto e punho; Pesquise antes da sua compra o jaleco mais indicado para o curso escolhido.

Calças: Procure os modelos brancos confortáveis, com cintura alta, sem rasgos ou estampas;

Camisetas: Confortáveis, fáceis de lavar, com transparência reduzida. As melhores são as sem gola, pois serão usadas por baixo do jaleco;

Calçados: São indicados os com solado antiderrapante e peito do pé coberto. Os materiais mais comuns são dos de borracha, EVA, couro ou napa; Vários modelos de sapatos para área da saúde podem ser usados durante o curso e estágio, e na hora da escolha leve sempre em consideração o conforto e segurança.

 

 

Antes de se matricular:

Pense bem sobre o curso que se adapta melhor ao seu momento de vida e verifique sempre se ele está autorizado pelo Ministério da Educação (MEC), para que seu diploma tenha validade e reconhecimento. 

Avalie se as instalações são adequadas, se possuem laboratório onde o aluno possa aprender todas as técnicas de enfermagem necessárias e  adequadas ao nível de aprendizado proposto na grade curricular. 

O estágio é outra etapa muito importante: Onde será realizado, qual o acompanhamento e a carga horária.

Esses cuidados farão toda a diferença para que você seja um profissional diferenciado no mercado.

 

 

E você, já sabe qual carreira pretende seguir dentro da área de enfermagem? 

Deixe seu comentário e compartilhe suas dúvidas sobre o assunto

 

 

 

Leia também:

Chef Giovana Faz Sucesso com Restaurante saudável e natural

5 Passos para ter sucesso na sua clínica médica ou odontológica

4 Dicas para acertar na escolha do Jaleco

Qual o melhor calçado para o profissional da saúde?

Como Lavar seu jaleco de forma fácil e prática

 

ESCOLHA SEU JALECO